Receita Federal e Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional lançam novo edital de transação voltado às teses sobre lucros no exterior – SIMME
UTF-8
Sistema FIRJAN

NOTÍCIAS

Receita Federal e Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional lançam novo edital de transação voltado às teses sobre lucros no exterior



A Receita Federal e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) divulgaram o edital de transação por adesão no contencioso tributário de relevante e disseminada controvérsia jurídica. São elegíveis a essa transação os débitos cujas cobranças sejam objeto de contencioso administrativo ou judicial relacionado às teses selecionadas sobre lucros no exterior. A adesão à transação poderá ser formalizada até as 19h do dia 28 de março de 2024.

O pagamento dos débitos incluídos na transação poderá ser efetuado com entrada no valor mínimo de 6% do valor total do débito ou da inscrição elegível à transação, sem reduções, sendo o restante parcelado em até:

I – seis meses, com redução de 65% do valor do montante principal, da multa, dos juros e dos demais encargos.

II – 18 meses, com redução de 50% do valor do montante principal, da multa, dos juros e dos demais encargos; ou

III – 30 meses, com redução de 35% do valor do montante principal, da multa, dos juros e dos demais encargos.

Destaque-se que a entrada poderá ser paga em até:
a) três parcelas, para os requerimentos de adesões realizados em janeiro de 2024;

b) duas parcelas, para os requerimentos de adesões realizados em fevereiro de 2024;

c) uma parcela, para os requerimentos de adesões realizados em março de 2024.

Clique aqui e conheça as dez teses relativas a lucros no exterior previstas no edital.

Débitos perante a Receita Federal

A adesão à transação, quanto a débitos perante a Receita Federal, deverá ser formalizada mediante abertura de processo digital no Portal do Centro Virtual de Atendimento (Portal e-CAC), ao qual o interessado poderá acessar na forma disciplinada pela Instrução Normativa RFB nº 2.066, de 24 de fevereiro de 2022, formalizando o requerimento conforme modelo constante do anexo I do edital.

Débitos inscritos em dívida ativa da União

Já quanto a débitos inscritos em dívida ativa da União, será formalizada pelo Portal REGULARIZE, ao selecionar “Outros Serviços”, opção “Transação no Contencioso Tributário de Relevante e Disseminada Controvérsia”, conforme instruções constantes no edital.

Fontes: Receita Federal e Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional

Fonte: Firjan

Compartilhe: