Firjan SENAI terá novo Instituto de Inovação em Inspeção e Integridade – SIMME
UTF-8
Sistema FIRJAN
MENUMENU

NOTÍCIAS

Firjan SENAI terá novo Instituto de Inovação em Inspeção e Integridade



A Firjan passa a oferecer ao mercado, este ano, o Instituto SENAI de Inovação (ISI) em Inspeção e Integridade, o terceiro da rede ISI no estado do Rio. A nova unidade é voltada para empresas de Petróleo e Gás, Naval e Offshore, Siderúrgico, Metalúrgico, Metalmecânico e Petroquímico, além de todos os segmentos industriais que possuem necessidade preditiva de detecção de falhas estruturais em sua infraestrutura, com vistas à conservação e integridade de suas plantas industriais.

“A unidade dá para o Rio mais uma rota tecnológica para esses setores, devendo atrair empresas de outros estados e até países. Com equipamentos de alta complexidade, pretendemos incentivar o desenvolvimento das pequenas e médias indústrias para que possam reduzir seus custos e inovar”, ressalta Alexandre dos Reis, diretor geral da Firjan SENAI.

“Com equipamentos de alta complexidade, pretendemos incentivar o desenvolvimento das pequenas e médias indústrias para que possam reduzir seus custos e inovar”, diz Alexandre dos Reis, diretor geral da Firjan SENAI.

O ISI vai prover Soluções Tecnológicas de Inspeção não Destrutiva Avançada e contará com equipamentos complementares nas áreas de monitoramento, de inspeção subaquática e de predição de falhas. Ele funcionará no Maracanã, integrado à estrutura do Instituto SENAI de Tecnologia (IST) em Solda da Firjan SENAI, agregando novos equipamentos e pesquisadores especializados no tema. Será o único nessa expertise, visando dar complementariedade à rede.

Novas tecnologias
“A unidade já nasce com infraestrutura bem consolidada, contando também com viés de inovação. Vamos observar as tendências do mercado internacional para buscar novas tecnologias, de modo a obter o máximo de recursos, visando aumentar a vida útil dos equipamentos ou detectar falhas”, afirma Lincoln Gomes, gerente do IST Solda.

Segundo Carla Giordano, gerente de Tecnologia e Inovação da Firjan SENAI, a principal meta do novo ISI é a sua consolidação como instituto de ciências e tecnologia, capaz de gerar pesquisa aplicada. A federação já possui os ISIs em Química Verde, há dois anos, e em Sistemas Virtuais de Produção, há um ano.

“A rede ISI visa aumentar a competitividade do setor industrial, conectando os desafios das empresas ao conhecimento acadêmico aplicado para proporcionar soluções ágeis, inovadoras e totalmente customizadas. A especialização é determinante para essa atuação”, ressalta Carla.

FONTE: Firjan

Compartilhe: