A importância da adequação das empresas à LGPD, que deve entrar em vigor esse mês – SIMME
UTF-8
Sistema FIRJAN

NOTÍCIAS

A importância da adequação das empresas à LGPD, que deve entrar em vigor esse mês



Com a possibilidade de entrar em vigor em agosto, dois anos após ter sido sancionada, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) terá grande impacto nas relações comerciais e organizacionais. Transparência, autodeterminação informativa e respeito à privacidade são alguns dos aspectos abordados na legislação, que estabelece regras para o tratamento de dados pessoais, seguindo o exemplo internacional.

A LGPD trará diversos benefícios para as indústrias como: a aproximação com seus clientes e parceiros; governança de dados; ampliação de negócios; atualização constante das informações; mitigação de riscos e imagem reputacional. A legislação também proporcionará investimentos em tecnologia e processos, ampliando a cultura de segurança da informação nas empresas.

A Firjan promove constantemente encontros com seus colaboradores e parceiros para conversar sobre dados. O assunto foi tema recente de capacitações internas e debates em eventos, como exemplo, no Aquário Casa Firjan, realizado há um mês. Neste painel, especialistas discutiram orientações necessária para adequação à LGPD e a necessidade do tema diante do contexto de economia digital que vivemos.

Na ocasião, Felipe Palhares, advogado de privacidade e proteção de dados e coautor da obra “LGPD – Manual de Implementação”, afirmou que a nova legislação tem um grande valor e as empresas que se adequarem terão um diferencial competitivo no mercado.

A LGPD terá impacto relevante nas relações que demandam tratamento de dados, sobretudo diante da crescente tendência de uso de dados pessoais de clientes/consumidores com a finalidade de traçar seu perfil, identificando informações, em especial hábitos de consumo e condições financeiras e de crédito.

Uma mudança que já começou 

A crescente valorização dos programas de compliance, da transparência nas relações, dos canais de denúncia e uma expectativa mais ampla da sociedade com relação a uma postura ética por parte das empresas refletem uma mudança que já começou.

Implementado há três anos, o Programa de Integridade da Firjan tem como principal finalidade consolidar, proporcionar e incentivar o compartilhamento de valores que levam às condutas éticas, íntegras e transparentes em todas as ações e relações institucionais.  O programa da federação investe em diversas ações apoiadas pela Rede de Integridade, que hoje conta com mais de 60 guardiões presentes ativamente nas unidades da Firjan.

Para Luana Palmieri, Gerente de Integridade Corporativa da Firjan, “estamos em um momento de mudança de mindset quanto ao uso de dados pessoais. Aqui na Firjan o trabalho de reforçar a governança de dados e segurança da informação já começou. Por meio de nosso Programa de Integridade, atuamos de forma correlata com a aplicação da LGPD, proporcionando um escalonamento de nossos resultados. Nós já estamos falando sobre dados, e vocês?”

Fonte: Firjan

Compartilhe: